12 agosto 2006

vi um passarinho


passarinho com olhos de mel

arrisca o voo rumo ao desconhecido

ainda mal bate as asas e já é belo no bailar

rodopia levemente em gestos ternos de liberdade

é mestre dos trejeitos, os que são feitos para animar os sujeitos

tem um biquinho mágico, com piu-pius delirantes, faz sorrir quem o acompanha

e os seus olhitos, os mais doces de sempre, estimulam loucas e intensas brincadeiras

...

3 comentários:

iké disse...

passarinho a bailar, baila, baila sem parar...

Ana disse...

Hum... lembrou-me um certo passarinho em particular. Não, não era um pardal! Eh eh!

iké disse...

:-)

arquivo do blogue