30 agosto 2006

Lado esquerdo


O meu lado esquerdo
É mais forte do que o outro
É o lado da intuição
É o lado onde mora o coração

O meu lado esquerdo
Oriente do meu instinto
É o lado que me guia no escuro
É o lado com que eu choro e com que eu sinto

Meu O meu Foi o meu lado esquerdo
Que me levou até ti
Quando eu já pensava
Que não existias para mim no mundo

O meu lado esquerdo
Não sabe o que é a razão
É ele que me faz sonhar
É ele que tantas vezes diz não

Meu O meu Foi o meu lado esquerdo
Que me trouxe até ti
Quando eu já pensava
Que não existias para mim no mundo

Carlos Tê
in Clã | Lustro

1 comentário:

cácá disse...

pois pois...deves ser tu a terminar o poster e eu a estudar...rica vida a de n fazer nenhum...

arquivo do blogue