27 outubro 2006

Avó Min(h)a


Há 82 anos atrás pelas dezanove horas e vinte minutos, nasceu uma menina, que cedo começou a desempenhar o papel de mulher. Essa grande mulher, que tantas alegrias e amarguras já viveu, mãe de tantos filhos, avó de tantos netos, vive agora praticamente esquecida por todos a quem um dia deu a vida, a sua vida. É triste, mas é a verdade. Esta vida é tão injusta. O tempo corre à nossa frente, todos os minutos parecem segundos e raramente nos lembramos que para algumas pessoas os minutos se tornam horas, horas eternas de solidão.

Minha querida avó-mina, para ti que delineaste a iké, um grande beijinho!



foto de 8 de Janeiro de 1978

2 comentários:

matarbustos disse...

ah, esta foto foi no dia em que eu nasci; assim se compreende a felicidade nestes rostos!...

iké disse...

Muito espertinho!... :-)